16 de dezembro de 2008

recarga diária

Meu Solzinho, estamos numa fase de calmaria... Você está cada dia mais linda, sapeca e cheia de saúde.
Suas descobertas são apaixonantes e conviver contigo é o meu jeito mais doce de diariamente recarregar minhas energias.
Na semana passada fomos a praia, e como disse a vovó Ligia, vc pareceu sempre ter convivido com a areia. Uma fofura, brincando com seus apetrechos. Não deu para entrar no mar, filha, pois a água estava gelada. Mas tenho certeza que oportunidades não faltarão; ainda este ano.

Temos uma novidade, filha... Seu padrinho de batismo será o tio Armando. Tenho certeza que ele e Aurinha serão os melhores padrinhos que vc poderia ter. Ele ficou radiante quando eu o convidei.
Faremos seu batizado em fevereiro do próximo ano, e acho que vc vai abrir o berreiro na frente do padre.

Semana que vem, mamãe entra de férias e nós duas teremos muito tempo juntas.

2 de dezembro de 2008

saudade

A idade tem me deixado meio nostálgica, filha.
Começo a sentir saudade muito cedo de coisas que não aconteceram a tanto tempo assim.
Ontem falei com uma amiga por telefone, ela é mãe de uma menininha linda de 3 meses... Voltei no tempo e senti falta de quando vc era ainda um bebezinho bem pequenininho, que ainda cabia em um dos meus braços, que tinha uns olhinhos arregalados a nos acompalhar... As coisas boas passam tão depressa. Assim como agora sinto saudade de antes, sei que depois sentirei saudade do agora. Por isso tenho vivido com vc cada momento. Amo tudo em vc, e a cada dia que passa curto mais as suas descobertas.
Sei que de uma coisa eu não sentirei saudade nesta fase, filha...
De te ver doentinha... Hoje vc estava ainda tão caidinha, e eu senti uma dor imensurável, porque ser mãe é ter o coração fora do corpo... Você é meu coração, Pietra. E se não estiver batendo com movimentos ritmados eu perco o ar.