27 de dezembro de 2011

natal antecipado

Neste ano nossa ceia de natal foi antecipada, pois no dia 24 mesmo vc foi para casa de seu pai já que no ano novo iremos viajar.
Natal antecipado porém com MUITA diversão, amor, brincadeira, comida boa, família e presente. Passamos o dia na piscina brincando muito e a noite foi hora de receber vovó, vovô, Bibi, Tia Si, Rodrigo e Miguel. Um natal em família muito gostoso.



22 de dezembro de 2011

21 de dezembro de 2011

Yasmin 12 semanas

Brindo a mim mesma que mudei a minha figura por uma barriga, troquei um delineador de olhos por olheiras, eu que deixei as noites de festa por constantes noites em claro! Que mudei tanto e deixei tudo apenas para receber amor em troca !!!!

Uma irmãzinha pra você, filha!




Filhinha, com muita felicidade hoje recebemos a notícia que nosso bebê é mesmo uma menininha... Como você queria.
Penso que este é o maior presente que posso lhe dar, filha. E  a Yasmin, ao nascer já terá o presente dela: Você!
Quando eu era pequena, sempre imaginava como seria diferente minha vida se eu tivesse uma irmã para dividir tudo comigo, desde as brincadeiras até os momentos de tristeza. Passava horas do meu dia desejando que isto acontecesse, mas infelizmente não aconteceu.
Meus pais se separaram quando eu ainda era muito nova (igual a mim e seu pai) porém diferentemente da mamãe, a sua avó demorou um pouco para se casar novamente, e isso fez com que eu crescesse sem esta desejada companhia. Passei muitos momentos bons com minhas primas, mas nunca foi a mesma coisa de uma irmã de verdade, que mora na mesma casa, que tem a mesma mãe, pois com elas sempre chegava a hora da despedida, de ir embora, e de ouvir aquela velha frase:
-Agora cada uma vai pra sua casa e amanhã vocês brincam mais.
Fico feliz em poder lhe dar este presente, filha; que de uma forma ou de outra será pra todo sempre.

14 de dezembro de 2011

Andando de carro comigo, eis que ela solta...
-Mamãe, cadê o braço da rua?
-Que braço? Rua não tem braço.
-Tem sim, lembra aquele dia que o marronzinho falou que o braço da rua ia mudar e ia ficar ao contra mão.

Na concessionária, enquanto eu negocio o serviço com o atendente, Pietra numa conversa intima com um senhor, lhe pergunta:
-Porque vc não cortou a barba hoje? Tem que cortar todo dia se não fica feio.

Ai, só minha filha mesmo.

23 de novembro de 2011

Nossa bebe?

Pegamos você mais cedo na escola e fomos para São José fazer a US. Quando te contei que hoje íamos ver o bebê, vc logo sugeriu que trouxéssemos direto pra casa. Deu trabalho lhe explicar que ainda não era hora, que só veríamos por foto mesmo.
Apesar do combinado de ficar quietinha na sala de US, vc não parou de falar e tentar mexer na maca por 1 min, filha. Mesmo assim foi muito gostoso ver nosso bebezinho todo formadinho e perfeitinho. 75 por cento de chance de ser uma menininha, segundo a médica.
Vc ficou radiante, pois sempre preferiu menina, e confesso que eu tb, pois lá no fundo eu era louca pra ter mais uma princesinha.
Depois do exame, vc se queixou de fome e quis ir ao mc donalds... Boa pedida, filha!
E hoje de manhã ao acordar veio me perguntar sobre a irmãzinha...
-Como vai se chamar, mamãe?
- Ainda não sabemos, filhinha... Quem sabe Sophia, Julia... O que vc acha?
-Mamãe, poe Julia porque o papai gosta e tb porque lá na minha escola já tem  três Sophias e aqui no condomínio tem uma.
-E Julia, filha? Não tem na sua escola?
-Tem sim, mas ela já é grande, aí não tem problema, mas Sophia não pode porque se não vai ficar um mundo só de Sophia.

Cada uma, hehe.

19 de novembro de 2011

Engraçado como mãe realmente pressente o que acontece com o filho sempre. Saí da minha escola e comprei o shampoo e condicionador das princesas que vc tanto havia me pedido pela manhã, bebê. Resolvi levar para vc na escola, e como estava tomando banho, esperei para lhe entregar pessoalmente. Eis que vc vem junto à professora que me disse que iria me ligar pois vc estava dengosa chamando pela mamãe e reclamando de dor de barriga. E quem disse que eu consegui sair da escola sem o meu grudinho? Fomos ao consultório e depois passamos a tarde toda juntas, uma delícia...
A noite, quando estávamos indo jantar, a mamãe começou a implicar com o papai, eis que quando ele foi se defender, vc toda autoritária lhe fala:
-Papai, para de graça. Não tá vendo que a mamãe tá grávida. Ela não pode se aborrecer!!!

kkkk, você está sempre a me surpreender, minha mocinha linda.

16 de novembro de 2011

4º aniversário do meu bebê.

Filhota, na última sexta-feira, dia 11, foi seu 4º aniversário e o dia todo foi de comemoração. Festa na minha escola, tarde toda com mamãe na piscina se divertindo e a noite, mais festa...Vc está cada dia mais linda... Um rosto de boneca adornado por lindos cachos castanhos claros. E os olhos... Nada mais lindo do que olhar pra aquelas duas lindas esmeraldas.
Tenho muito orgulho de ser mãe de uma menina tão doce, carinhosa, amorosa e esperta como vc. (tá bom vai, muito teimoooosa tb, rs). Ser sua mãe é se emocionar todos os dias. O aniversário é seu, filhinha... Mas sem dúvida nenhuma o maior presente foi eu quem ganhou... Ser sua mãe!






9 de outubro de 2011

E no meio de tanta gente eu encontrei você
Entre tanta gente chata sem nenhuma graça, você veio
E eu que pensava que não ia me apaixonar
Nunca mais na vida

Eu podia ficar feio só perdido
Mas com você eu fico muito mais bonito
Mais esperto
E podia estar tudo agora dando errado pra mim
Mas com você dá certo

Por isso não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais
Por isso não vá, não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais

Eu podia estar sofrendo caído por aí
Mas com você eu fico muito mais feliz
Mais desperto
Eu podia estar agora sem você
Mas eu não quero, não quero

Por isso não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais
Por isso não vá, não vá embora
Por isso não me deixe nunca nunca mais

4 de outubro de 2011

novidade para minha princesinha...

Mamãe: Filhinha, temos novidades... Tem um bebê na barriga da mamãe; o que vc acha?
Pietra: - Legal!!! Vai ser menina né? Chiara, mamãe!
Mamãe: Não sei filha, temos que esperar pra ver...
Pietra: -Ah não, vc prometeu que ia ser uma menina!

-Mamãe, como o bebê entrou na sua barriga? tsc tsc

Depois da sessão semanal, a psicóloga sai da sala junto com vc e me diz animada:
-Temos novidade então??
Eu respondo que sim...
Então a psicóloga revida: -Que maravilha hein... Dois de uma só vez!!
Eu sem entender nada pergunto: Como assim dois?
Ela logo esclarece: -Ué, a Pietra me contou tudo... Tem a Chiara e o Matteo aí né?
kkkkkkk, criança tem cada uma!!!

22 de setembro de 2011

E numa conversa sobre comportamento, teimosia, e coisa e tal, eu falo...
- Filha, vc tem que respeitar a mamãe, obedecer, ser boazinha, pois mãe a gente só tem uma...
Ela responde...
- Mas e o Enzo? Porque ele tem duas mães?


Continuando a conversa...
-Filha, quando eu era pequena, obedecia a vovó porque eu tinha medo de magoá-la, entristecê-la... Eu sempre a amei mais que tudo no mundo... E hoje eu amo vc e ela mais que tudo...
Ela responde...
-Mas e o vovô? Vc tb não amava- ama ele?


E outro dia, ao sair da escola...
-Mamãe, deixei minha Barbie com cabelo lisinho, passa a mão pra vc ver...
Eu pergunto: - Mas o que vc fez; escovou bastante?
E ela responde:
-Escovar só não adianta... Tem que molhar também... E eu molhei com bastante cuspe e baba... Viu como ficou ótimo!

8 de setembro de 2011


Em uma conversa séria com sua babá, Pietra diz:
- Olha Carol, se vc ficar boazinha eu posso te chamar de Ca, mas se vc fizer feiura pra mim vou te chamar de Cadu... E vc vai virar homem, hein.

Durante uma sessão de cinema assistindo aos smurfs, meu sol levanta da cadeira e se abaixa pra se esconder... Eu, desprovida de qualquer psicologia infantil falo pra ela se levantar e parar de bagunça.. Então ela me responde:
-Mamãe, vc não entende? O Gargamel está olhando feio pra mim!

Conversando comigo sobre a nova aparência do quintal, que agora tá cheio de pedrinhas ela me diz:
-Mamãe, queria que o tio posse pedra até lá no fim, perto da casa do Aiko. Então eu explico que o cachorro precisa de um pedaço de grama e em seguida corrijo-a:
-Posse não, pusesse!
Ela fica pensativa por alguns segundos e depois responde:
-Não, não... Não é pussesse que eu queria é pedra, mesmo. Aliás, o que é pusesse mesmo?

31 de agosto de 2011

nem tudo que parece é...

Cena 1: Eu e Pietra sentadas na padaria esperando nosso café da manhã depois da sessão semanal de psicóloga...
Pietra olha pra TV da padoca ligada e diz entusiasmada em alto e bom som para todos que ali estavam ouvirem:
- Mamãe, olhe depressa, a Xuxa está na TV. Ela tem um papagaio!
Quando olho, vejo nada mais nada menos que a Ana Maria Braga apresentando seu programa diário.


Cena 2: Durante uma conversa familiar, Pietra concentrada demais em minha fala me diz:
-Mamãe, volte a ter aquela voz de antes, era mais de mocinha... Essa voz que vc está usando agora não combina muito com vc.

Deu trabalho fazê-la entender que a rouquidão em  mim presente era decorrência de um resfriado e não da minha vontade de mudar de voz.

Cena 3: Logo que acordo, escuto Pietra falando alto e repetidas vezes:
-Mata barata, mata barata, mata barata!
Então vou às pressas para o quarto dela, munida de uma vassoura e um tubo de Mortein e quando chego, vejo a menina fazendo passos de ballet, levando a perninha para frente e para trás, com o pé nas pontinhas dos dedos.



29 de agosto de 2011

"A mãe era um estrago de braba, mas quando eu lembro dela me castigando com o safanão do pente na cabeça e me fazendo dois molhos de cachinhos pra eu ir bonita pra escola, me dá um engasgo, uma saudade sem remédio, uma vontade de ser pobre igual antigamente, só pra escutar ela falar: Já ta ficando mocinha, umas roupinhas melhores... e o pai: moça bonita não precisa disso não...
Eh, meu Deus, quanto jeito que tem de ter amor!"

Adélia Prado

26 de agosto de 2011

que seja doce...

Ontem vivemos um momento especial, filha... Somente eu e vc. Amor e entrega total, num lugar simples (dentro do banheiro, antes do banho) de repente, mas algo que jamais será esquecido. Meu amor por vc já é infinito e se é que isso pode acontecer, ontem ficou ainda maior que o infinito.
Depois da birra e manha habitual que vc faz diariamente (é, porque quem te conhece sabe o quanto vc insiste em sempre fazer sua vontade prevalecer, sendo assim muito resistente a obedecer qualquer que seja a pessoa) e da conversa que sempre tenho contigo depois que esses episódios acontecem, vc me olhou nos olhos, me abraçou muito forte e disse que me amava mais que tudo no mundo... Que sabia que não estava sendo uma filha boa, enquanto tinha uma mamãe que fazia tudo por vc e, que iria mudar. Nessa hora, seus pequenos olhinhos se encheram de lágrimas e vc encostou a cabecinha em meu ombro e chorou, abraçada a mim, pedindo pra eu não te largar como fez a mãe da Branca de Neve, apesar de suas feiúras. Eu, atônita com tamanha maturidade, não consegui frear as lágrimas que dos meus olhos também escorreram, e olhando em seus olhinhos marejados lhe disse que eu jamais lhe largaria, nunca, em hipótese alguma, e que se eu lhe repreendia quando fazia malcriação ou coisas erradas, era para o seu bem. Abri meu coração e senti que vc compreendia tudo com a maturidade que vai muito além da criança de três anos que vc é. Naquela hora senti como se fossemos uma só novamente... Aquele sentimento que eu tinha quando carregava vc na minha barriga. Foi mágico, inesquecível, doce.
E é só isso que quero...

22 de agosto de 2011

Rir muito e com freqüência;


 
ganhar o respeito de pessoas inteligentes



e o afeto das crianças;



merecer a consideração de críticos honestos




e suportar a traição de falsos amigos;




apreciar a beleza



encontrar o melhor nos outros



deixar o mundo um pouco melhor



seja por uma saudável criança


um canteiro de jardim




ou uma redimida condição social



saber que ao menos uma VIDA respirou mais fácil porque você viveu



Isso é ter tido sucesso. (Ralph Waldo Emerson)




20 de agosto de 2011

Vale a pena, Filha, ter um animalzinho? Ele vai nos fazer sofrer tanto um dia! Mas vale sim a pena, porque é o animalzinho que nos ensina sobre dedicação plena, amor incondicional. É o animalzinho que desperta a parte melhor de nós, que nós mesmos nem conhecíamos. Por Paulo Tarcizio em o céu está em festa... em 02/08/11

 Foram as palavras de meu pai e do seu sábio avô que me fizeram seguir...Fui adiante e cá estamos nós... Agora não mais com um animalzinho, mas sim com três. E vc está mais feliz do que nunca...Esquecer a Jade? Jamais! Algum deles substitui-la? Nunca!!! Mas a vida continua, e no meu pobre coração tem muito amor pra esses três companheirinhos que chegaram.








19 de agosto de 2011




"Eu enfrentaria o mundo com uma mão,

se você segurasse a outra."

17 de agosto de 2011

meu outro blog...

Para quem ainda não conhece, não deixe de dar uma espiadinha no meu outro blog...
http://escutoosilencio.blogspot.com/

16 de agosto de 2011

Filhinha amada, ontem ao lhe colocar para dormir, dei-lhe um beijo na testa, disse-lhe que a amava e desejei-lhe boa noite, como faço todas as noites. Você, esperta como de costume, sempre sabendo o momento exato do meu humor para me pedir as coisas, logo me disse:
- Mamãe, posso faltar amanhã na aula???
Então eu que já estava de saída do seu quarto, me sentei em sua cama e lhe expliquei que não podia... Porque mamãe tinha que trabalhar, porque vc tinha que ir à escola para aprender.
Satisfeita com a resposta vc me deu um beijo e dormiu como um anjo.
Hoje, pensando neste seu pedido, me lembrei de todas as conversas que já tive com vc a respeito de seu dia a dia na escola, e percebi que vc não tem nada contra a sua escola,  que vc adora seus amiguinhos e professoras; apenas vc me pede isso para poder ficar mais tempo comigo, no aconchego do seu lar, que felizmente vc adora.
 Mas tudo tem sua hora e mamãe precisa trabalhar. E graças a Deus, mamãe ama ser professora.
Dá pra imaginar o tamanho desta responsabilidade?
O professor tem que se misturar à educação fornecida pelos pais e por toda a família de seu aluno, que possui uma história de gerações passadas, com características individuais e diversas.Esta responsabilidade não é esforço a mais para ele porque ele exerce sua profissão com entrega total, e os pesos se tornam diminutos diante da vocação.
Sabemos todos, principalmente os professores iniciantes, que se o trabalho em qualquer área se tornar um fardo, urgirá a revisão de nossa vida, para que diretrizes sejam repensadas. Por este motivo, hoje sou "somente" professora.
O professor, se não estiver encharcado da vontade de ensinar, de educar, de se doar, não conseguirá o respeito de seus alunos, de seus pares, muito menos de toda a sociedade.
Não se é professor por acaso! Um professor de verdade fica felicíssimo com a conquista de seus alunos.
Aí está a grande obra de um professor. Acolher seu aluno dentro de seu coração com total paixão, fazendo dele parte de sua própria existência. E o reconhecimento certamente vem! Talvez a maior homenagem que um professor possa receber esteja num fato corriqueiro que acontece no nosso dia a dia e que ilustra bem o significado desta profissão.
Quando queremos elogiar alguém de maneira superlativa, grandiosa, mesmo que esta pessoa não seja formada, como é que nós a chamamos: 'ei mestre', ou então, 'ei professor!'
É o maior elogio que se faz a alguém. E eu tenho a sorte de escutar este elogio todos os dias, de 23 anjos iluminados.
Alê, Emily, Felipe, Gu, Gabriel (que apesar de ter saído da escola, permanecerá pra sempre em meu coração), Jhonatan, Luis Fernando, Seiji, Mari, Taty, Amanda, Bia, Ana Julia- que hoje faz aniversário-, Fernanda, Tamiko, Guilherme, Gustavo, Lav, Luan, Luiz Matheus, Ma, Branca de Neve, Nat e Rodrigo; obrigada por fazerem parte da minha vida e por me ensinarem tanto a cada 50 minutos que passamos juntos. Amo vcs!
Por isso, filha, que todos os dias ao chegarmos na sua escolinha a mamãe fala pra vc obedecer a professora.
"O professor disserta sobre ponto difícil do programa.
Um aluno dorme,
Cansado das canseiras desta vida.
O professor vai sacudí-lo?
Vai repreendê-lo?
Não.
O professor baixa a voz,
Com medo de acordá-lo."
Carlos Drummond de Andrade

12 de agosto de 2011


Tenho urgência de ti, meu amor. Para me salvar da lama movediça de mim mesmo.


...preciso de você para dizer eu te amo outra e outra vez. Como se fosse possível, como se fosse verdade, como se fosse ontem e amanhã.
 
 
 
Pietra, 10.08.11 usando o shorts que o tio Luciano usou há 35 anos atrás.










10 de agosto de 2011

ideias brilhantes...

Voltando da escola fui surpreendida...
Mamãe, tive uma grande ideia... Já que não pode comprar um cachorro Jade por causa do bichinho do vírus, compra então um gato Jade!



aumentando o vocabulário...
Mamãe, é mó legal comer lanche do mc donalds... (isso depois de comer um mc lanche feliz - um x burguer + 1 fritas pequena + 1 coca pequena- e depois pedir mais lanche... Então fui pegar um quarteirão crente que ela não comeria.. Mas não é que a bichinha comeu tuuuudoo! Fiquei boquiaberta!!!) Que metabolismoooo!!!


Mamãe, o babador da minha boneca já era!!! (isso depois de se esconder e picar o babador em mil pedacinhos.)


5 de agosto de 2011

Criança realmente está sempre a nos surpreender.
Eu toda preocupada em como contaria a minha filha que a Jade morreu, comecei a me preparar horas antes dela chegar... Treinei várias vezes com uma Emília de Pano, até a lágrima não mais escorrer dos meus olhos, e então fui buscá-la na escola...
No caminho de volta pra casa, disparei...
Filhinha, a Jade foi morar com o papai do céu.
Pietra: Por que?
Porque ela estava doentinha, sofrendo, e blá blá....
Pietra: Ah, então vc precisa comprar outra Jade, né mamãe?
E muda totalmente de assunto...
Pietra: Mamãe, quero que vc me chame de outro nome...
Então eu falo... Já sei, vc quer que eu te chame de Biê, né?
Pietra: Não, quero outro nome diferente porque já faz "meis" que eu chamo Pietra... Desde que eu nasci, é Pietra. Agora quero outro, escolhe um nome bem bonito vai mamãe.
Então chegamos em casa...
Ela, ao ver as coisinhas da Jade lá fora, retoma o assunto...
Pietra: Mamãe, porque vc não mandou a caminha da Jade pro papai do céu?
Não precisa, filha... Ela vai dormir com ele.
Pietra: Na cama dele?
Então no meio da minha explicação ela dispara:
Pietra: Mamãe, e se eu fosse ficar lá com A DEUS?
E logo respondo aflita que não, que eu morreria, que ia junto, etc e tal então ela fala:
Pietra:Tá bom, mamãe. Não precisa ficar nervosa. Não vou ficar com a Deus agora não, vou ficar aqui com vc mesmo. Tá bom aqui né...
E vai desenhar.

E como sempre digo, aprendo com minha filha todos os dias... Entendi o recado dela... E não é só ela quem pensa assim não... Como dizia Rita Lee:

"Gosto mais do sabor da comida feita por cozinheiros

e aceito que as mulheres não sejam boas na direção de carros…
Mas que Deus é poderosa, isso ela é!"

Mais tarde, antes de dormir, eu lhe entrego a mamadeira e mais uma vez ela derruba na sala, espalhando o leite no chão branco que a faxineira havia limpado naquela tarde... Então eu impaciente reclamo da cozinha, e ela dispara:
Calma mamãe, não precisa ficar MAL HUMORADA.. O tio limpa tudo. Né tio? Vai limpar, vai!Antes de dormir eu lhe conto...
Filha, amanhã é meu aniversário...
Então ela brava dá um escandalo, começa a chorar...
Eu sem entender nada fico só olhando atônita ( meu Deus, agora o que foi que eu fiz de errado?)...
Então ela mais irritada ainda me diz..
Não vale, amanhã tem que ser meu aniversário... O meu tem que ser primeiro que o seu.
 
E não esquece que amanhã eu quero ir bem bonita na escola. Quero meia calça, bota, camisa de uniforme de manga comprida, shorts, esmalte na unha e maquiagem...
 
 


2 de agosto de 2011

Como poderei lhe explicar a morte, filha?


ELE me presenteou com a forma mais pura do amor, aquele que não se pede nada em troca. A mais doce e amorosa das criaturas, perfeita dentro de sua pele. Uma guerreira; descobri hoje, ao vê-la passando pelas agruras da dor e ainda assim ter a pureza do olhar de um anjo
Ela (ainda) tem o cristal no olhar, o mais brilhante de todos. E seu pelo? Haaaa. O mais macio dos pelos.
Ela me pegou de surpresa. Chegou na minha vida e se instalou sem pedir licença embora nem precisasse pedir, e com todos os adjetivos supracitados, armou sua estrutura no local certo do meu coraçao. Teve a precisão de um engenheiro civil. Calculou toda estrutura, sabendo exatamente onde fincar seu alicerce. Levantou paredes transparentes, do mais belo e puro vidro e levantou alto seu castelo.

Eu? Bom, nunca estive ambiguamente tão preparada e ao mesmo tempo não. Ela chegou de surpresa, justamente na hora em que eu estava sem pele tendo passado por algumas dores que provocam caroços disformes e te faz fechar-se para o mundo.
Há não!! Encontrei a companheira certa para os próximos 15 anos, o meu prolongamento...Ta dando certo!! E o que é que eu faço? Dessa vez posso acreditar que nada mais a separa de mim? Tremi ao pensar nisso. Chorei antecipadamente mas com o tempo fui acreditando que sim, seríamos para sempre uma coisa só, porque é assim que são os cães e os donos.
Mas hoje foi explodindo de emoção que, ainda mais sem pele, olhei nos seus olhos negros, expus minha alma e lhe disse adeus pedindo desculpas por não ter forças suficientes para levá-la até o fim.
Foi com muita tristeza e coragem que hoje entreguei-a convulsionando à veterinária e sugeri a eutanásia. Não consigo vê-la mais sofrendo deste jeito. Também não acho justo com os meus (meu marido, meus filhos) que vejam este sofrimento que fica maior a cada dia e parece não ter fim.
Jade, minha pequena shit-zu estará para sempre em meu (nossos)coração (ões)!


Jade teve morte natural depois de 8 convulsões e 1 parada respiratória.
Fica a saudade eterna em nossos corações.
http://escutoosilencio.blogspot.com/2011/08/o-ceu-esta-em-festa.html

Jade
25.04.11
02.08.11



1 de agosto de 2011

mais pietrices...

Mamãe, corre aqui que o Enzo está falando palavrão...
Quando chego ao quarto vejo a seguinte cena...
Pietra indignada passando sermão no irmão que nervoso tenta me explicar que não falou palavrão algum; estava apenas dizendo que a catapulta do brinquedo estava quebrada...

No meio de um churrasquinho que fizemos aqui em casa, o papai tio Claudio pede ao Enzo para lhe buscar um remédio de dor de cabeça... Pietra, muito prestativa se coloca a frente dizendo que vai buscar, pois agora ela é a ajudante... Então volta correndo com um frasco de escabin (shampoo mata piolhos) na mão , pergunta com muita seriedade ... É este né mamãe? E sem esperar resposta manda o tio Claudio tomar tudo.

A psicóloga me indica um livro para que eu lesse para Pietra durante a semana. Passo a semana toda contando a história do livro que começa falando de um homem vagabundo que contava histórias, e que um dia contou a história de um menino que tinha um pangaré... Fala sobre sonhos, circo, enfim, um livro de conto de fadas, bem do jeito que ela gosta, cheio de acontecimentos.
Hoje na sessão de psicóloga, a Tia Carol pergunta a ela o que ela achou do livro, e prontamente ela responde à Tia...
Muito feio este livro, hein... Muito feio mesmo... Tinha uma palavra horrorosa no livro... E a tia, sem saber se tinha feito besteira tenta se recordar rapidamente da história e pergunta a ela o que era tão feio no livro... E Pietra responde...
Como você manda minha mãe ler pra mim o livro de um vagabundo???

Hoje pela manhã, eu me apronto pra levá-la à psicóloga,  chego ao quarto dela e lhe acordo... Então, mais que depressa ela fala...
Mamãe, você está parecendo um macaco.
Corro ao espelho para ver se algo de muito errado tinha acontecido com minha aparência... Chequei tudo mas não notei nada diferente... Então ela explica... É este casaco, mamãe... Com este pelo aí... Coisa de macaco!!! (Se referindo a uma jaqueta jeans da Levi´s, que tem uns pelinhos na gola.)

E não é que a menina já se tornou especialista em truco... Quando me vê sentar à mesa para jogar, levanta o dedinho e grita em alto e bom som:
Tuco!!!

http://youtu.be/xFqT68nWMKg




30 de julho de 2011

Tudo que é muito tranquilo dura pouco mesmo, muito pouco... eu aqui deitada na minha cama, tv ligada, note no colo, filhos no parquinho... quando de repente entra a princesinha toda espevitada gritando, mamãe, é hoje que nós vamos no HABIBS?? e tem como resistir?? Bora todo mundo tomar banho pra ir no habibs, rs...


 E vc vendo a caminha da Jade vazia( pois ela está internada) me diz:
Mamãe, vc tem que comprar outra Jade, uma Jade nova... Deixa essa pra lá, enfiada no soro mesmo.


Ai, ai... Criança tem cada uma! rs