30 de julho de 2011

Tudo que é muito tranquilo dura pouco mesmo, muito pouco... eu aqui deitada na minha cama, tv ligada, note no colo, filhos no parquinho... quando de repente entra a princesinha toda espevitada gritando, mamãe, é hoje que nós vamos no HABIBS?? e tem como resistir?? Bora todo mundo tomar banho pra ir no habibs, rs...


 E vc vendo a caminha da Jade vazia( pois ela está internada) me diz:
Mamãe, vc tem que comprar outra Jade, uma Jade nova... Deixa essa pra lá, enfiada no soro mesmo.


Ai, ai... Criança tem cada uma! rs

É por você ter esse dom religioso,de deixar as pessoas felizes,que eu sempre vou te adorar.

Te amo, te amo, te amo de novo, infinitamente, quase sem ar!
 

Tem gente que tem cheiro das estrelas que Deus acendeu no céu e daquelas que conseguimos acender na Terra.
Ao lado delas, a gente não acha que o Amor é possível, a gente tem certeza.



 Tem gente que tem cheiro de colo de DEUS.

Ao lado delas , a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisiveis.
Tem gente como você que nem percebe que tem a Alma Perfumada !!!E que esse Perfume é dom de DEUS..."


Jade é o meu prolongamento, o dia e a noite, o sol e todas as estrelas, o universo dela centra-se em acompanhar, resume-se em estar perto.
Volte logo, meu amor!

27 de julho de 2011





Eu às vezes lamento muito que meus amores cresçam tanto. Crescem demais. Perdem a inocência, fazem planos... Viram adultos. Ah, como eu queria que os meus amores não crescessem tanto!

22 de julho de 2011

Filha, você tem um jeito todo peculiar de se expressar... Fala claramente todas as palavras e quando enrosca em alguma, faz questão de repeti-la pausadamente quantas vezes for necessário, até que ela saia perfeita.
Quem a ouve falando, certamente atribui mais idade a você, e quando revelamos a sua verdadeira, sempre há a seguinte reação:
- Nossa, como ela é esperta!
Acho que de tanto escutar esta frase, agora você mesma já se entitula MUITÍSSIMO ESPERTA. A cada colocação que faz, sempre termina com a exclamação:
-Viu como eu sou esperta, mamãe!

Dentro deste seu jeitinho particular, existem outras características também... rs
Você definitivamente não é uma boa ouvinte! E agora deu pra interromper qualquer um em suas conversas pedindo pra deixá-la falar. Me faz até lembrar sua avó Palas, que muitas vezes dizia esta mesma frase pra vovó Lourdes, que também não é lá muito boa de escutar, rs. Só que as vezes esta situação se torna embaraçosa, entao o tio Claudio tentando ensinar a você boas maneiras, lhe disse que quando precisasse falar algo muito importante no meio da conversa de adultos, que pedisse licença. Só que pra você tudo é muito importante! E vc pede licença a primeira vez, da segunda,já grita e se mesmo assim não lhe derem ouvidos você fica brava, muito brava!


Tarefa impossível dois ou mais adultos conversarem qualquer assunto que seja ao seu lado, e falar ao telefone também... Porque quer falar, seja quem quer que esteja do outro lado da linha.


Hoje de manhã, indo pra escola você me perguntava porque na minha escola não tinha alunos. Eu respondia que porque as aulas não haviam começado ainda... Então você começou a querer elaborar uma frase e se embananou com a palavra aulas... Começou assim:
- Só quando a ZAULA; não...
- Só quando as LAUZA com...; não!
- Mamãe, só quando as LLLLL... ai, minha nossa senhora viu! (hehehe)
Então nesta hora eu segurei o riso e vi que era necessário lhe dar um empurrãozinho... Completei... AULAS, filha...
Então você simplesmente recomeçou sua frase, desta vez mais calma, bem pausadamente e perfeitamente...
- Mamãe, então só quando as AULAS começarem é que vão ter alunos na escola?
E eu simplesmente respondi que sim... Então você deu-se por satisfeita e pronta para iniciar uma nova conversa, e nem pensar em deixar a mamãe ouvir o som do carro.

 
Esta minha filha, viu! Só fica em silêncio se estiver dormindo; e olhe lá!

21 de julho de 2011

meus medos...

Tenho medo de te perder por falta de atenção ou por excesso dela.




Tenho todos os motivos do mundo pra te pedir pra ficar comigo, do meu lado, mas não posso fazer isso, preciso sentir que você também quer estar comigo.
 

12 de julho de 2011

Aonde está você agora além de aqui dentro de mim?
(Vento no Litoral)