8 de abril de 2009

O amor

O AMOR...
É o sentimento mais nobre, que impulsiona nossa vida, que nos dá vontade de ir além, que deveria estar presente na vida de todos como uma condição "sine qua non" seria possível a felicidade completa. Porém não está, filha. Me pergunto como essas pessoas conseguem viver sem ele e a resposta que me vem a cabeça é que elas apenas sobrevivem. Nessas horas, sinto-me muito feliz por tê-lo presente em minha vida de forma tão grandiosa. O amor que sinto por você e pelo seu pai é a minha felicidade presente, futura e infinita. É o meu bom humor nas manhãs de sono!
A mim só resta agradecer a Deus por ter em minha vida tamanha graça, que é a presença de vocês e o amor de vocês.
Amanhã faz quatro anos que eu e seu pai nos casamos, filha. Foi num início de noite de sábado, onde era deixado pra trás uma vida e começava-se outra. Aquele foi o marco, talvez o começo da sua existência sem ainda sabermos disso...
Foi ali, no dia nove de abril de dois mil e cinco que um mais um passou a ser igual a três (1+1=3; Patricia, Mauricio e Pietra).

11.11.2007, 11h30min, domingo, dia mais importante de nossas vidas.
amor que não tem limite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para você que veio nos visitar vai o nosso muito obrigada...