28 de novembro de 2008

brilho de sol

Terminei de ler um livro que um dia será seu. Tenho certeza que vc também se apaixonará por ele. História próxima de nós, filha.
Cris escreve aquilo que sentimos, e o faz com uma delicadeza única.

Sempre que termino uma leitura, sinto-me satisfeita... Tenho a sensação de dever cumprido, de estar fazendo a coisa certa, de estar progredindo. Desta vez foi diferente. Chorei ao terminar de ler "para Franciso".

Não foram lágrimas de tristeza e sim de saudade de algo que ainda nem se foi... Saudade de uma história que me enchia de ânimo a cada página virada. Que me fazia ver o jeito bonito de alguém levar a vida com amor.
Saudade de me inspirar nela, para escrever pra você.

Decidi então que recomeçaria minha leitura, e seria assim todas as vezes que eu estivesse terminando. Assim eu não mais choraria, recomeçaria sempre, como foi um dia com "O Pequeno Príncipe".

Você é o meu brilho de sol, filha. Daquele sol que recomeça a cada manhã.
Não por acaso a vida é assim, Pietra. Acordar e acreditar que tudo vai ser novo e melhor, sentir que já está sendo bom, não importa se exatamente do jeito que a gente sonhou.

3 comentários:

  1. Oi Patrícia vim parar ao seu blog por acaso, e ADOREI...não há nada mais precioso que nossos filhos...e sabes uma curiosidade a tua pequenina nasceu no dia do meu aniversário...parabéns atrasados a menina e a mãe. Beijinhos Tenciono voltar sempre.

    ResponderExcluir
  2. nossa,mas deve ser lindo mesmo esse livro! aqui ñ tenho mto tempo p ler,apesar de adorar ler!

    bjinho forteeeee

    ResponderExcluir
  3. Estou na fila para ler esse livro, heim cunha!
    bjos nas duas pessoas tão importantes na minha vida...

    ResponderExcluir

Para você que veio nos visitar vai o nosso muito obrigada...